Notícia

Formação Docente e a Relevância das Relações Interpessoais como Fio Condutor da Prática Pedagógica

Data:08 de junho de 2017 às 13:18

Daniel José Vieira 
Maria Juliana Dias
Fernando Breno Vieira Valadares
Camila Fernanda das Chagas
Edson Rufino Júnior
Angelita Valadares Hermann

 

RESUMO

 

O presente artigo tem como propósito apresentar um novo olhar sobre o perfil do educador. Sendo seu objetivo repensar a importância da formação do docente, enfatizando as relações interpessoais entre professor-aluno e suas práticas pedagógicas, que atendam as reais necessidades do sistema educacional. Para o alcance do objetivo proposto, lançou-se mão de uma pesquisa bibliográfica. A literatura consultada apontou que a função docente vai além da transmissão sistemática de conhecimento, contribuindo assim, no desenvolvimento de habilidades e competências do discente. O estudo reconheceu que a relação professor-aluno se baseia na forma de trabalho realizado pelo educador e facilita o ato de ensinar e aprender, sendo fator primordial no trabalho do professor e no desenvolvimento de uma prática pedagógica significativa. Além do relacionamento evidenciou-se na pesquisa que as práticas pedagógicas inovadoras na atuação do docente, terão como ação-reflexão o desempenho do aluno em sala de aula. Neste sentido novas práticas docentes buscam adequar metodologias em que os educandos compreendam os conteúdos ministrados e alcancem melhores resultados no ensino-aprendizagem. 

 

Palavras-chave: Formação docente. Relações interpessoais. Práticas pedagógicas

 

Download do Artigo Completo.

 

Newsletter