Ao longo do curso, as disciplinas integradas do curso possibilitarão: capacitação e aptidão para compreender as questões científicas, técnicas, sociais e econômicas da produção e de seu gerenciamento, observados níveis graduais do processo de tomada de decisão, bem como para desenvolver gerenciamento qualitativo e adequado, revelando a assimilação de novas informações e apresentando flexibilidade intelectual e adaptabilidade contextualizada no trato de situações diversas, presentes ou emergentes, nos vários segmentos do campo de atuação do engenheiro.


Apresentação do Curso

O Curso de Engenharia Agronômica da Faculdade Cidade de Coromandel será permanente e prioritariamente pensado como importante parte das políticas de promoção do progresso e do bem-estar (ambos em sentidos amplos) da população da cidade e as situadas no seu entorno.
O compromisso com a sociedade na qual se insere o curso de Engenharia Agronômica da FCC e a responsabilidade social é, em primeiro lugar, mas não exclusivamente, compromisso com o estudante: o estudante, em todos os aspectos e orientações, será o centro de convergência das preocupações didático-disciplinares da faculdade, concedendo-se a ele não só participação na vida acadêmica, como também envolvimento na solução de problemas da região. A ele se reservarão, além dos direitos prescritos no campo jurídico, os indispensáveis do campo pedagógico para maximização de seu desempenho escolar.
Ensino e extensão, cada uma a seu modo, serão parte integrante do processo de educação permanente para cumprimento satisfatório de sua função, desenvolver ampla discussão em torno de seu papel na promoção da educação permanente e de suas relações com a sociedade.
Além destes princípios, a indissociabilidade entre ensino, como princípio pedagógico; a substituição da rigidez curricular dos cursos, tradicionalmente alicerçados por esteiras de disciplinas, caracterizado por relativa flexibilidade e liberdade; o reconhecimento de que a produção de conhecimento demanda intercâmbio e trabalho coletivo permanente, com a compreensão de que as “unidades” acadêmicas de produção de conhecimento não atuam isoladamente, mas como grupo de trabalho, que se relaciona com unidades congêneres, seja pela troca de informações impressas ou eletrônicas ou por meio de publicação científica, seja pela participação em congressos e similares ou por conferências gerais, de alcance nacional e internacional, seja por visitas a laboratórios ou outros espaços de pesquisa.

Objetivos do Curso

O engenheiro agronômico cuida dos processos de produção agropecuária. Ele projeta e administra técnicas e equipamentos usados na lavoura e nas criações. Estuda e implementa métodos de armazenagem, projeta silos, armazéns e estufas, sempre pensando em inovação e desenvolvimento sustentável. Propõe a adoção de medidas que impeçam a erosão e o esgotamento do solo e a poluição de mananciais. Tencionam açudes, barragens, sistemas de irrigação e de drenagem. Trabalha em projetos de mecanização agrícola e eletrificação rural. A formação permite, ainda, que este profissional trabalhe com os aspectos relacionados à distribuição e à comercialização do produto.
O curso de Engenharia Agronômica deverá formar um profissional com sólida base científica, capacidade crítica e criativa, de forma a lhe permitir resolver problemas no setor agropecuários. Este profissional formado pela Faculdade Cidade de Coromandel terá um forte embasamento em vários ramos da engenharia, para aplicação de conhecimentos na solução de problemas das atividades agrícolas, em seus múltiplos aspectos, necessidades e desenvolvimento.


Links Importantes sobre o Curso

Portaria Renovação de Reconhecimento – Engenharia Agronômica

Projeto Pedagógico do Curso – Engenharia Agronômica

Plano de Ação do Curso – Engenharia Agronômica

Matriz Curricular do Curso – Engenharia Agronômica